APELO À SANIDADE EM TEMPOS DE COVID-19

Apelo à Sanidade em Tempos de COVID19

“Todo reino dividido contra si mesmo será arruinado, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá.” Mt 12.25

Por: Aliança Evangélica

O Brasil está prestes a entrar em colapso geral no seu sistema de saúde. A tragédia ocorrida em Manaus ameaça se repetir em todos os estados da Federação. Alcançamos a terrível marca de 265.500 mortos e uma média móvel diária de 1.497 óbitos. Segundo alguns pesquisadores e infectologistas, março está se configurando como o mês mais trágico desde o início da pandemia.

É triste ver o povo brasileiro tão dividido no que se refere ao enfrentamento da pandemia. Enquanto grande parte da população está enlutada, chorando pelo seus mortos num réquiem sem fim, uma outra parte desdenha da gravidade da doença. Essa divisão tem sido alimentada por interesses político-partidários e disseminação de informações falsas.

“Uma casa dividida contra si mesma não subsistirá”

A Aliança Cristã Evangélica Brasileira, diante desse quadro, convoca a todos que superemos as diferenças que dividiram até nossas famílias para que, juntos:

– Oremos ao nosso Pai celestial para que o nosso coração seja realinhado à Sua vontade soberana e para que reconheçamos o outro que ao nosso lado também clama. O Pai é nosso e por isso somos irmãos. Clamemos por misericórdia e pela cura física e emocional de nosso povo.

– Respeitemos aqueles que nos governam em suas medidas que favoreçam à vida. Não é razoável defender formas de tratamento em detrimento de outras por razões ideológicas. Respeitemos as decisões dos principais centros médicos de pesquisa e sigamos as práticas sanitárias consensuais no momento: distanciamento físico, uso de máscaras, higienização e restrições de mobilidade.

– Oremos e clamemos para que tenhamos vacinação rápida e gratuita para todos. Rejeitemos todo tipo de desinformação que impeça o acesso de qualquer pessoa à imunização vacinal. Exijamos das autoridades governamentais empenho na compra de vacinas e na implementação de uma campanha de imunização célere e justa para o nosso povo.

– Como Corpo de Cristo sobre a Terra, unamo-nos aos que sofrem criando e auxiliando redes de solidariedade para o socorro dos mais vulneráveis. A capilaridade da igreja brasileira permite que possamos atender aos mais pobres nesses momentos de desemprego e carestia. É importante também pressionar nossos governantes da esfera executiva e legislativa para aprovação do auxílio emergencial à população mais vulnerável.

Mesmo que o apelo à unidade não comova nossos governantes, é importante que, como voz profética, busquemos a unidade sem a qual ainda sofreremos mais mortes em nosso país. A unidade pode vir do povo cristão como demonstração de amor e cuidado do outro. Mesmo que outras questões legítimas, porém secundárias, nos dividam, sigamos juntos em defesa da vida neste momento tão crítico da história.

autor: ALIANÇA EVANGÉLICA

Aliança Evangélica confessa sua fé em sintonia com o legado evangélico alicerçado nos marcos da Reforma Protestante: a suficiência das Escrituras, a mediação de Jesus Cristo e a justificação pela graça mediante a fé. Afirmamos a fé bíblica com a comunidade evangélica histórica e global, a partir do Credo Apostólico.

Posts relacionados

Comments (4)

Noemia Cortes Suarez Ribeiro

Sem a unidade em Cristo, vamos adoecer na mente, no físico e também no espírito. Precisamos de lucidez e transparência para enfrentar a loucura dos nossos dias, o luto é real e muito doloroso, negar a dor, o medo e a doença, não ajuda e só aumenta a doença e abandono, somente em unidade vamos preservar a vida e a esperança de dias mais possíveis. Louvado seja Deus por essa aliança, que entre na vontade perfeita de Deus, para que o estado de vulnerabilidade não nos mate, mas para que seja como veículo de oportunidade real para o transbordar do amor e poder de Deus Pai. Graça e paz do Senhor Jesus.

Irmãos, que a graça e a paz do Senhor Jesus esteja convosco. É de palavra assim que as igrejas evangélicas precisam. Continuem nesse mesmo propósito. Aqui estaremos sempre orando para que as igrejas sejam exemplo de sobriedade e equilíbrio, além de rejeitar o sectarismo e as atitudes hostis que têm marcado a opinião de muitos.

Noemi Yuaça Hashimoto

Creio que como cristãos, não há quem esteja desdenhando desta pandemia.

Porém, vivemos hj uma guerra de informações e nem todos de fato estamos esclarecidos.

Temos visto a grande maioria de midias manipularem informações a fim de atacar o governo federal atual. Cada um tem escolhido ouvir o que agrada o seu coração.

Desde o começo o Presidente encarou de frente duas necessidades: a saúde e a economia.

Hj em São Paulo já vemos muitas placas de aluga-se, e quantos vão poder de fato cuidarem da saúde, seja ela física ou emocional, sem emprego ?

Isto é tão difícil de aceitar que possivelmente o Presidente estivesse mais correto neste item que nós mesmos ?

Não seria orgulho e dificuldade de darmos o braço a torcer ? Se assim for, sim, necessitamos de quebrantamento .

Lockdown só tem a aumentar a pobreza e trazer mais angústias. Sou favorável aos cuidados, porém com liberdade de cada pessoa poder ir e vir, poder trabalhar, seguindo a sua consciência de cuidados.

Se fizermos entre a população evangélica um plebiscito, quantos estão ou não favoráveis ao tratamento precoce, que em muitos lugares já tem salvado vidas, quem sabe veremos que possivelmente grande parte de lideranças estejam posicionadas de forma contrária à maioria do povo.

Porém, se alguém fala em tratamento precoce é considerado não científico, e não se respeita a opinião divergente. Sim, necessitamos de um quebrantamento na igreja brasileira ! A começar de cada um de nós ! Que Deus quebre nossos orgulhos e nos ajude a enxergar aquele que difere do nosso pensamento com amor e respeito !

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.