Scroll Top

Aliança Evangélica mobiliza igrejas em respostas a desastres no Brasil

WhatsApp Image 2022-07-08 at 06.40.40

Mais de 500 pessoas morreram no Brasil em desastres provocados por fortes chuvas, nos últimos seis meses. Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Recife foram os estados mais afetados. Em três desses estados, a Aliança Cristã Evangélica Brasileira, juntamente com diversas igrejas e organizações parceiras, esteve presente realizando ações de socorro emergencial, reconstruindo sonhos e compartilhando a esperança do evangelho.

Unidade no serviço foi o pilar que marcou as ações de respostas emergenciais. Pois, mais que realizar, o propósito da Aliança Evangélica é mobilizar, conectar e criar pontes entre igrejas, organizações e pessoas. Nesse processo, de fomentar a unidade cristã, o voluntariado e as parcerias são fundamentais para um visível testemunho de amor e serviço.

Entre os voluntários, teve gente que abdicou das férias para servir e gente que decidiu passar o aniversário ajudando os desabrigados. Todas as ações tiveram contribuição, direta e indireta, de parceiros de diversos estados e diferentes denominações evangélicas. É no serviço, motivado pelo amor a Deus e ao próximo, que as diferenças se dissipam, o trabalho se fortalece e Cristo brilha.

Confira abaixo um pouco do trabalho que foi realizado por Aliança Evangélica e parceiros, nos estados da Bahia, Rio de Janeiro e Pernambuco.

Bahia – Fortes chuvas afetaram a região sul da Bahia em 24 de dezembro de 2021, provocando inundações catastróficas. Dados históricos mostram que jamais houve chuva tão volumosa nesta época do ano[1]. Até 16 de janeiro de 2022, a Defesa Civil da Bahia registrava 27 mortes, 523 feridos, mais de 30 mil pessoas desabrigadas e mais de 62 mil desalojadas. 190 municípios baianos decretaram situação de emergência e o total de atingidos pelos temporais e inundações chegou a 965.643 pessoas.[2]

Três dias após os temporais, a Aliança Evangélica começou uma mobilização para ajudar as populações afetadas. No dia 02 de janeiro, voluntários da Aliança entraram em campo e foram recebidos pela Igreja Batista da Cidade e Casa da Vida, em Vitória da Conquista (BA), parceiras que já estavam empenhadas em socorrer a população.

A primeira fase de ajuda emergencial durou 15 dias, envolveu 85 voluntários e 23 cidades foram atendidas. Foram doadas 1,5 toneladas de frango, 200 kits higiene, 126 kits de limpeza, 39 camas box, 60 kits de banho/cama, 15 mil litros de água mineral, entre outros itens de necessidade básica. Algumas doações foram entregues diretamente às famílias e outras foram deixadas em igrejas locais parceiras para distribuição.

A segunda fase da operação teve início em 26 de março, com uma programação para a população de Caiçara (BA), uma das comunidades afetadas pelas chuvas, envolvendo mais de 60 voluntários em atividades de recreação e orientação em saúde bucal para crianças; atendimentos médicos e psicológicos, com roda de conversa e atendimentos individuais; orientação jurídica à população, distribuição de lanches e cestas básicas; momentos de louvor a ministração da Palavra.

Nesta segunda fase, também ocorrerá a construção de casas e reparação de mobílias a famílias que perderam tudo. “Queremos não só ajudar a reconstruir o que as pessoas perderam, mas ajudá-las a ter melhores condições de vida do que tinham anteriormente. Para isso, sabemos que é fundamental o trabalho em rede, com os parceiros, fortalecendo especialmente as igrejas locais que estão na linha de frente.”, comenta Cassiano Luz, diretor executivo da Aliança.

Rio de Janeiro – No dia 15 de fevereiro, uma chuva excepcional caiu sobre o município de Petrópolis (RJ), transformando ruas em rios de lama, arrastando carros, provocando deslizamentos de encostas e causando mortes. Até o dia 02 de março, eram contabilizados 232 mortos e mais de mil pessoas estavam em abrigos provisórios[3].

A Aliança Evangélica entrou em ação em Petrópolis no dia 19 de fevereiro, realizando diagnóstico da situação e reunião com parceiros e autoridades locais para definir uma ação mais efetiva. Ao longo dos dias e semanas que se seguiram após as chuvas, muitas atividades foram realizadas pelas equipes de voluntários mobilizados pela Aliança.

Para fortalecer quem estava trabalhando, a Aliança Evangélica realizou lavagem de motocicletas e doação combustível para apoiar o trabalho dos motoboys, que faziam o transporte de alimentos e insumos aos locais de difícil acesso; apoiou com recursos humanos às equipes de coordenação dos abrigos, cooperando com a reestruturação estratégica dos espaços, coordenação de pessoal, entre outras ações; e promoveu momentos de acolhida e encorajamento, com jantar, para pastores e pastoras da região, que estavam sob forte pressão emocional e espiritual.

Para atender a comunidade, foram montadas brinquedotecas, em parceria com a Visão Mundial, para promover um ambiente seguro para momentos lúdicos e terapêuticos às crianças desabrigadas; foram distribuídas mais de 200 cestas básicas, kits de higiene, roupas e água mineral; foram realizadas visitas a algumas casas, distribuindo rosas, com objetivo de acolher, ouvir e dar apoio aos moradores locais; e, no domingo de Páscoa (17 de abril), voluntários visitaram um centro de acolhimento de pessoas em situação de rua, para distribuir chocolates e testemunhar da esperança que há em Jesus.

Após as ações de socorro emergencial, iniciam ações de ajuda de médio e longo prazo, como reposição de itens perdidos pelas famílias. Cada atendimento é uma resposta de Deus ao sofrimento das famílias.

Recife – Nos últimos dias do mês de maio, intensas chuvas nos arredores de Recife (PE) arrasaram a região. Houve deslizamento de terras, rios e córregos transbordaram, alagando ruas e avenidas. No dia 03 de junho as equipes de resgate encerraram buscas pelas vítimas, contabilizando 128 mortos. 82 mil famílias perderam suas casas[4].

No dia 31 de maio a equipe de respostas emergenciais da Aliança Evangélica chega a Recife (PE) para ajudar a população, somando forças com a Igreja Batista em Coqueiral, Instituto Solidare, Instituto Robinson Cavalcanti, Tearfund, entre outros parceiros.

Para não duplicar esforços e conseguir levar ajuda a todos que precisam, Aliança e parceiros realizaram diagnóstico para identificar as comunidades mais afetadas e as necessidades mais urgentes. Foram distribuídos colchões, cestas básicas, kit higiene, água mineral, entre outros. Após a ajuda de socorro emergencial, membros da Aliança continuam em Recife para definir estratégias de médio e longo prazo.

 

***

A Aliança Evangélica Brasileira louva a Deus e agradece o trabalho de todos os parceiros: Casa da Vida; CRU RJ; Igreja Batista da Cidade; Igreja Batista em Coqueiral; Igreja Batista Itacuruçá; Igreja Filadélfia; Igreja Peniel; Instituto Bem Pescado; Instituto Robinson Cavalcanti; Instituto Solidare; Missão Juvep; Movimento Vocare; Primeira Igreja Batista de Itabuna; Primeira Igreja Batista do Alto da Serra; Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro; Sal da Terra Alpha; Transforma Brasil; Primeira Igreja Batista em Três Fontes; Igreja Presbiteriana do Butantã; Assembleia de Deus Vitória em Cristo; Igreja Batista Maanain; Igreja Batista Nova; Igreja Batista Atitude; Igreja Batista da Nova Aliança; Igreja em Ribeirão Preto; Primeira Igreja Batista em Madureira; Igreja Batista do Rio da Prata; Assembleia de Deus (Ministério Caetés); Igreja Batista Central em São João de Meriti; Igreja Batista Nova Jerusalém; Igreja Batista em Jardim Icaraí; Hillsong São Paulo; Igreja Presbiteriana Central de Vilar dos Teles; Lagoinha Savassi; Igreja Metodista Wesleyana do Caxambu; Igreja Presbiteriana em Jardim Regina; Igreja de Cristo em Anápolis; JOCUM São Paulo; AGEMIW; Igreja Batista da Cidade; Primeira Igreja Batista em Vila Pinho; Igreja Batista Vila Oeste; Sal da Terra Alphamall; Igreja Batista Nova Filadélfia; Igreja Batista da Liberdade; Palavra da Vida Comunidade Cristã; Comunidade Cristã Família de Deus; Igreja Batista Salgado Filho; Igreja Batista da Lagoinha Céu Azul; Primeira Igreja Batista do Carmo; Igreja Batista da Fé; Shalom Comunidade Cristã; Igreja Batista Centenário de Vitória da Conquista; Expressão Ação; Igreja Batista Novo Horizonte de Linhares; Ministério Internacional Cristo É A Vida; Igreja Reviver; Igreja Batista em Coqueiral; Igreja Farol; Igreja Voz para As Nações; PIB de Vitoria; Obreiros de Cristo; Zion Igreja; Igreja a Ponte; Five Churc; PIB de Vitoria; Obreiros de Cristo; Zion Igreja; Igreja Batista Coqueiral; Voz para as Nações; Igreja A Ponte; Igreja Farol; Five Church; IABV IPSEP; 4 PIB de Garanhus.

***

Por Phelipe Reis – jornalista e assessor de conteúdo para a Aliança Evangélica.

[1] https://metsul.com/chuva-na-bahia-e-a-mais-extrema-no-planeta-em-dezembro/?fbclid=IwAR2S6uL0_B7EXzKkYESWKM3kCrF-4UiOD15iX-6jy7A6VTWdOznpTDLG5j0

[2] https://www.poder360.com.br/brasil/bahia-chega-a-27-mortos-e-30-000-desabrigados-pelas-chuvas/

[3] https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2022-03/sobe-para-232-numero-de-mortos-na-tragedia-de-petropolis

[4] https://metsul.com/chuva-volta-a-castigar-o-grande-recife-com-alagamentos/

Posts relacionados

Comments (1)

[…] Um lugar seguro e amigável, com brinquedos por todo lado, preparado com dedicação e amor para acolher crianças vítimas das tragédias em Petrópolis (RJ). Essa é a proposta do Espaço Amigável, uma brinquedoteca recém-inaugurada por voluntários da Aliança Evangélica para ser um ambiente de pertencimento, acolhimento e relacionamento intencional com as crianças da região atingida por tragédias naturais. […]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Privacy Preferences
When you visit our website, it may store information through your browser from specific services, usually in form of cookies. Here you can change your privacy preferences. Please note that blocking some types of cookies may impact your experience on our website and the services we offer.